O Bairro da Graça é um dos  mais tradicionais de Lisboa, e consegue manter a sua atmosfera pitoresca mesmo nos dias de hoje. Os moradores deste bairro convivem com os turistas, que vem à este local á procura da alma e tradição de um bairro tipicamente lisboeta

a linha do eléctrico mostra que este bairro ainda tem características do passado
Bairro da Graça

 

Um bairro cheio de Graça e tradição

O que eu adoro quando passo pelo Bairro da Graça é que consigo encontrar, uma grande variedade de comércio tradicional, como cafés, frutarias, vilas e lojas que ainda que mantém a alma do bairro, que no passado foi ocupados pelos trabalhadores fabris, que foram ocupar aquele local.

Coreto do Largo da Graça

Pelas ruas do bairro da Graça o transito dos automóveis, mistura-se com o eléctrico, e com as pessoas que ali vivem, fazendo deste lugar um ponto de paragem obrigatória para poder conhecer  a alma portuguesa.

Este é um bairro que o vai deixar surpreendido por diversas razões, por isso vale a pena reservar um dia para conhecer este local e ter a certeza que vai conhecer um bairro este bairro tão português.

Miradouros e Jardins

Miradouro Sofia de Mello Breyner

Por estar situado numa das mais altas colinas da cidade, este bairro tem a possibilidade de nos encantar com os seus miradouros. Entre eles estão os miradouros da Senhora do Monte e o Miradouro Sofia de Mello Breyner, mais conhecido como Miradouro da Graça, e para o lado oposto pode seguir até o miradouro do jardim de Santa Clara.

Dicas especiais de Lisboa que ninguém te disse antes

 

Além disso é possível passar o tempo a ler, aproveitar o sol e até fazer um picnic nos jardins do bairro. Bem ao lado da igreja, e do miradouro da Graça, vai encontrar o jardim da Graça, o mais conhecido da área. Sente num dos banco virados para a fonte, e fique a aproveitar o sol e  toda a paisagem do bairro ao redor. Fique a vontade para levar uma bebida, um snack, ler um livro, vai ver que é bem agradável!

Outra opção para relaxar, é descer pelo caracol da Graça e ir até o Jardim da Cerca da graça, espaço perfeito para esticar uma manta, deitar e deixar o tempo passar com direito à vista da cidade.

 

Jardim da Graça

Vilas Operárias

Até o século XX, o bairro da Graça ainda tinha uma característica rural, ficava fora dos limites da muralha e atraiu gente da nobreza.  Assim iniciaram-se a construção de palacetes como o Vila Sousa, e depois com o elevado numero de Nobres no bairro, foi construído o teatro da Graça.

As vilas operárias surgiram da necessidade de alocar os trabalhadores fabris, que se utilizavam dos caminhos de ferro da estação de Santa Apolonia. Essas vilas fizeram com que o bairro atraísse mais residentes, e fez crescer a sua população, gerando desenvolvimento  comercial.

Pelas ruas do Bairro, ainda encontra várias vilas e palacetes que remontam ao passado, essas vilas mantem a sua característica e ainda continuam como vilas residenciais.

Feira da ladra

A feira da ladra é uma feira de rua, que acontece duas vezes por semana,  e vende principalmente artigos em segunda mão.

Esta feira acontece um pouco além dos limites da Graça, mais precisamente no campo de santa Clara, porém por ser muito próximo você pode colocar a visita a feira no dia da sua visita a este bairro. A feira acontece as Terças e Sábados das 09.00 às 18.00

Aproveite também para visitar o jardim que fica ao lado, e também o Panteão nacional.

Como chegar

Para chegar no bairro da Graça existem várias opções. Uma delas é o eletrico. A carreira 28 termina sua viagem ao lado do largo da graça, e a partir dai pode ir a pé visitar toda a região em volta.

Como andar em Lisboa- Um guia para não se perder

Outra opção é ir a pé, mas para isso esteja preparado para subir algumas ladeiras, como já foi referido aqui, o bairro fica numa das colinas mais altas a cidade, por isso prepare o fôlego, mas não deixe de vir, pois é tudo tão lindo que não vai ser arrepender.

Por ser um bairro com estrutura antiga, os prédios na sua maioria não tem garagem, isso faz com que o estacionamento nesta zona fique um pouco caótico. Caso leve o seu carro, existem novos parques de estacionamento, em que paga pelo tempo que deixa a sua viatura, e pode sair um pouco caro.

Viver no bairro da  Graça

Se o seu interesse é de viver neste bairro, para estar rodeado de tradição é possível, porém, à procura pelos  bairros históricos de Lisboa tem feito com que o valor dos alugueis tenham aumentado bastante. A média de aluguel neste bairro gira em torno de 600€ para um apt. com um quarto chegando até 300€ a para quartos.

 

Prédios típicos na rua da Graça

Dica de Roteiro

Escadaria Revestida com calçada Portuguesa

Por estar situado  próximo de outros bairros da cidade, você pode planejar o seu dia e visitar os bairros limítrofes. Como já referi, pode chegar até o bairro da  Graça subindo pela Mouraria, e também por Alfama.

Como vai ver, o Castelo de São Jorge também fica próximo ao bairro, isso quer dizer que, pode passar o dia todo passeando por esta região da cidade, visitando os bairros mais tradicionais.

Se quiser visitar e ter a certeza que nenhum detalhe ficou para trás pode solicitar o seu roteiro personalizado, com ou sem guia, mas com a certeza que vai conhecer e apreciar todos os segredos deste bairro tão peculiar  especial. Um bairro de alma portuguesa com certeza.

Os meus favoritos

Vou deixar aqui destacado para vocês os lugares que mais gosto de ir quando vou passear pela Graça. Aqui estão apenas alguns exemplos de lugares por node deve passar para aproveitar melhor o seu passeio.

Se gostou dessas dicas, comente esse post,  partilhe com um amigo, e guarde para que possa ser o seu guia na sua viagem.

Siga-nos também no Instagram @lisbonbyclarisse

Aproveite para ver os outros posts com dicas especiais e experiências diferentes para fazer e ver em Lisboa!